#meuvôo Felicidade no trabalho

#meuvôo | parei de fugir da experimentação no trabalho

Você também é adepto de fugir da experimentação no trabalho, achando que só serve para outras áreas da sua vida? A Gabi era: nerd assumida, emendou ensino médio no cursinho e mudou para São Paulo para estudar, fazer voluntariado, estagiar e viajar até a África para se encontrar. Foi só muito depois que ela aceitou que a vida não é linear, parou de fugir da experimentação no trabalho e veio testar coisas novas aqui com a gente. Olha que incrível esse depoimento:

Se você também cansou de fugir da experimentação no trabalho, confere esse passo a passo para repensar seu trabalho!

Sabe aqueles momentos que parece que o mundo virou de ponta cabeça e no lugar de todas as certezas que sempre tínhamos agora restam somente as dúvidas? Aqueles momentos de não enxergar mais com tanta clareza o caminho a ser seguido?

Pois é. O que me dizem é que acontece com todo o mundo, ou pelo menos quase – talvez com um pouco de sorte (ou não) você consiga escapar.

A verdade é que eu tentei evitar esse momento de todas as formas: fiz terapia, yoga e até mudei de país.

Só para perceber que o problema todo estava no meu trabalho.

Sou formada em Economia e tenho 24 anos. A minha paixão sempre foi viajar e conhecer o novo, o diferente. Depois de fazer trabalho voluntário na África e intercâmbio em Barcelona durante a faculdade, era hora de arranjar um emprego.

Entrei como estagiária em um grande banco, numa área de meios de pagamento e, sem nem perceber, mais de dois anos se passaram e estava nesse mesmo banco, trabalhando agora uma área de finanças.

A sessão #meuvôo traz outras experiências de experimentação e descoberta para a gente se inspirar <3

A minha sensação era sempre de estar no lugar errado, então me mudei para Portugal em busca de um mestrado em Economia, o melhor do país. Chegando aqui, e sem entender porquê, percebi que a sensação de estar no lugar errado persistiu, e foi assim me deparei com o tal do momento. 

Depois de muita insistência no que parecia ser o meu caminho, percebi que toda a minha vida tinha sido construída em cima das mais diversas experiências.

Eu sempre gostei de provar cores, sabores, paisagens, danças, músicas e livros diferentes.

Então porquê no trabalho eu havia aceitado não experimentar? Tomei uma decisão difícil de parar o mestrado (pelo menos por enquanto) e agora, aqui estou, junto com a Volar, pronta para me desafiar e experimentar.

Vamos?

0 comments on “#meuvôo | parei de fugir da experimentação no trabalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *