Felicidade no trabalho

Felicidade no trabalho, qual o propósito nisso?

Felicidade no trabalho, é possível? Às vezes parece que não, né? São dias e dias, tarefas e tarefas. Reclamamos nas segundas e celebramos quando chegam as sextas. Mas será que todo mundo se sente assim? O que significa felicidade de fato? E como a minha rotina de trabalho me ajuda a encontrá-la?


Qual a relação entre propósito e felicidade?

Muitas pessoas me perguntam sobre a importância do propósito. O que é isso exatamente? Essa coisa a qual todos parecem estar atrás, mas que ninguém encontra.

 

 

O propósito é algo que dá sentido a sua vida. Ele serve para te fazer feliz. Entender o seu propósito requer fazer a si mesmo muitas perguntas e reflexão. São tantas camadas que foram colocadas sobre nós. Que precisamos retirar uma a uma para ver com clareza.

 

 

A verdadeira felicidade não significa viver sentimentos de alegria o tempo todo como imaginam. A felicidade inclui momentos de tristeza e de desafios também. Mas como assim? É que quando somos guiados pelo nosso propósito, esses momentos se tornam impulsos para momentos de sabedoria e aprendizado.

 

 

O segredo para transformar esses momentos em felicidade é saber usar a inteligência emocional. O contrário disso é permitir que o piloto automático consuma a nossa vida. É não pararmos para refletir com constância sobre o que vale a pena de verdade para nós.

 

A felicidade nesse contexto é muito diferente de prazer temporário. Ela representa a visão que temos da nossa vida como um todo. Se manifesta quando o que você faz está alinhado com o sentido que dá à sua vida. É quando sabemos o por que que fazemos o que fazemos. Saber o nosso por que é a base da felicidade no trabalho.

 

Existe sabedoria em se perguntar: Qual é o sentido do que eu faço? Qual é o meu por quê? Perguntas como essas nos ajudam a agir de maneira coerente e a ser quem somos verdadeiramente.

 

Quando escolhemos caminhos que não estão de acordo com a nossa essência, o corpo começa a adoecer. Nossas emoções são manifestadas fisicamente. Achamos que estamos estressados, doentes, cheios de problemas, quando na verdade apenas não estamos no nosso lugar certo.

 

A felicidade é uma prática

Felicidade no trabalho

 Uma pessoa deve buscar ser feliz no trabalho não apenas movido pelo desejo de aumentar a produtividade, mas sim porque quando alinhado com o seu propósito, o trabalho há de se tornar o combustível para a alma. Aquilo que dá sentido a vida.

 

Uma das principais causas da depressão é a ausência de sentido na vida, o que gera uma falta de motivação. Muitos casos de depressão estão ligados à estresse e sobrecarga no trabalho. As pessoas não amam o que fazem e por isso não tem a energia e produtividade desejadas. Elas demoram muito mais tempo para fazer as coisas porque não sentem estar usando os seus talentos. As pessoas precisam saber o porque fazem o que fazem!

 

A incapacidade de sentir a beleza da vida é outra das características nos estados emocionais deprimidos. A tendência de sentir que esse sentimento vai durar para sempre é natural. Porém a ciência tem demonstrado que a felicidade não ‘apenas acontece’, a felicidade pode ser praticada!

 

Nossos caminhos neurais estão se moldando e fortalecendo-se o tempo inteiro. Se queremos mudar é necessário fortalecer esses novos caminhos. Usar as suas dores para impactar outras pessoas em situações similares pode ser um deles. No Butão se fala transformar o seu Karma em Dharma, ou seja, seus acontecimentos na vida em caminhos de luz e sabedoria.

 

Uma das melhores formas de encararmos nossos sentimentos é vê-los como mestres. Entender que existe algum motivo para que tenham se manifestado e que estão ali para nos ensinar algo.

 

Felicidade no trabalho e o propósito

O valor do propósito no trabalho, é sentir que estamos mudando o mundo. Seja o nosso mundo ou o mundo das outras pessoas. É ter um propulsor de energia, onde quanto mais você faz, mais você quer fazer, porque o proporciona o sentimento de estar no caminho certo.

 

Não precisa ser algo extraordinário. Você só precisa acreditar naquela missão. Quando nos identificamos com o propósito e a mudança  da organização na qual trabalhamos, não só temos mais energia para a vida, mas também nos sentimos pertencentes à um grupo com objetivos similares. O que contribui ainda mais para a nossa felicidade!

 

 

Esse é um dos pilares do Futuro do Trabalho. Leia os 4 pilares do futuro do trabalho.


Nós não viemos aqui só para sobreviver. Isso é muito pouco. Estamos aqui para viver, pulsar e criar! Isso envolve construir confiança sobre o seu lugar de trabalho também.

 

Para que chegue o dia de quando alguém o perguntar porque você está indo trabalhar, você poderá responder  cheio de orgulho que é porque está indo melhorar o mundo. O dever é consigo, de manter o coração pulsando e ser o super-herói que você sempre sonhou.


Diego Burger

Diego Burger

Focado em desenvolvimento o humano e felicidade, encontrou o seu propósito em ajudar pessoas a viverem mais saudáveis e mais felizes. É apaixonado por negócios de impacto social e aprendeu a ser ponte entre a ciência e o mundo real. Atualmente vive no Butão onde desenvolve pesquisas sobre felicidade.

Mentor de participantes | Programa Vo.lar

0 comments on “Felicidade no trabalho, qual o propósito nisso?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *